754 Shares 7141 views

71 conta. contabilidade 71 despesa

Cada empresa de vez em quando é necessário emitir dinheiro aos empregados para diversos fins, como por exemplo:


• adiantamentos para despesas de viagem;

• um adiantamento sobre as necessidades administrativas e económicas, a compra de estoques, peças sobressalentes, para pagar a franquia e hospitalidade, bem como todos os tipos de taxas.

Então, vamos entender exatamente quem tem direito a receber fundos do relatório, que as razões para essa necessidade, como elaborar os documentos e operações de contabilidade para a emissão de dinheiro, mas também com competência para fazer um relatório de adiantamento sobre os custos incorridos.

Contador – quem são eles?

Há casos em que um contador inexperiente ou descuidada emite uma soma de dinheiro para os representantes do fornecedor ou cliente, e atribui a ele a 71 contas. Basicamente este pecado pequenas empresas, acreditando que desta forma eles são projetados com o credor ou ordem de pagamento. Isto é uma violação flagrante dos actos jurídicos legais.

Contador – é necessariamente funcionários da empresa. Além disso, a emissão de moeda pelo relatório antecede a conclusão de um empregado de um acordo de responsabilidade, que estabelece a medida e especifica os direitos e obrigações das partes.

Como regra geral, a gama de indivíduos materiais-responsáveis e define a cabeça, fazendo a ordem apropriada, são atualizados anualmente. liquidação da contabilidade adiantamentos reflete uma pontuação 71.

As despesas com viagens de negócios

somas responsáveis de dinheiro em despesas de viagem são dadas em dinheiro ou transferidos para o cartão do empregado com base em um pedido por escrito para o gerente resolução. É claro que, neste caso, o contrato de responsabilidade não era necessário, porque para ir em uma viagem de negócios pode qualquer empregado da empresa, eo motivo da viagem é transações de gerenciamento de pedidos e registros contábeis por 71.

As razões para o pagamento de dinheiro em conta

Um problema semelhante é regido pela legislação aplicável e as regras básicas desta operação são os seguintes:

• fazer a papelada para o pagamento de dinheiro em conta se o empregado não conta para o montante recebido anteriormente;

• dinheiro é dado sobre a aplicação, endossa a cabeça com uma marca sobre o tamanho da quantidade e do período para o qual foi emitido;

• Relatório de despesas elaborado e assinado no prazo de 3 dias após o final da viagem ou do termo do prazo da cabeça.

documentando

Assim, após as despesas foram feitas, ou na chegada de uma viagem de negócios o empregado é obrigado a comunicar no período de 3 dias e enviar o formulário de relatório de despesas contador AO-1 com os documentos comprovativos da despesa viabilidade implementado.

Os relatórios de despesas são contados, e o resultado é exibido:

• saldo de caixa não é tão consumido por todos os meios;

• o restante é, desde os gastos é feita menos do que o planejado;

• invadida fundos concedidos, como eles passaram em maior medida.

Saldo retorna para a empresa PKO dinheiro e quantidade invadida é entregue pela RKO. Todas as operações de contabilidade para a adiantamentos reflete 71 contas.

O não cumprimento das regras estabelecidas pela legislação o montante de fundos para adiantamentos retidos dos salários ou reconhecidos como uma escassez e, posteriormente, recolhido pelo tribunal.

Como é que a conta

Visto através da compilação de informações sobre assentamentos com os funcionários para os fundos concedidos no âmbito do relatório. Esses valores referem-se à conta de débito 71, korrespondiruyas com contas de caixa, por exemplo, 50 – "Cash". quantidades documentados custo débito da conta de crédito 71 nas contas de débito custo, tais como 10 – "Materiais", e outros.

Não retornado por empregados valores creditados na conta de crédito 71 na conta de débito 94 – "escassez". Posteriormente, esses valores são deduzidos do empréstimo 94 a débito da conta 70. Se a retenção de salários por qualquer motivo impossível, então debitado em 73 e levanta a questão da compensação pelos danos causados à empresa.

Note-se que a contabilidade analítica é realizada separadamente para cada funcionário com os totais mensais de reprodução obrigatória. contabilidade mecanizada utilizando o programa "1C" permite que você crie o documento desejado no contexto emitidos ou anulados, definir o intervalo de tempo ou especificar uma lista de entidades com relatórios, todos os dados são combinados conta de cartão 71. Podotchetnik também deve levar em conta cada montante em dívida totalizou relatório antecedência no tempo previsto . Análise fundiu log-fim do banco 71, que é feita no final do período de referência.

contas contábeis

Cada relatório de despesas é cumprida como contador com os dados de lançamento para a conta 71. Transações que refletem a operação de conta dinheiro em caixa:

• D-t 71 – t K-50 – emitido a partir do responsável quantia em dinheiro.

• Dt 71 – KT 51 – o montante creditado para a conta corrente no cartão de empregado.

• Dt 41 – KT 71 – a compra de bens do dinheiro em caixa.

• Dt 10 – KT 71 – a compra de materiais.

• Dt 26 – KT 71 – descomissionado despesas gerais, tais como pagamento pelos serviços postais.

• Dt 20 – KT 71 – despesas de viagem carregadas.

• Dt 50 – KT 71 – o resto do oficial de adiantamentos feitos em dinheiro.

• D-T-70 – B-71 m – quantidade responsável resíduo deduzido do salário do empregado.

• Dt 94 – KT 71 – o empregado não informou sobre as despesas feitas na data de vencimento.

• Dt 73.2 – K-71 t – Mantendo-se com falta de pessoal.

• Dt 91.2 – KT 71 – quantidade alocação de escassez para outras despesas, se a recuperação é impossível.

Características contas №71

Conta é um ativo-passivo. Acima temos olhou para lançamentos contábeis tradicionais em uma fileira 71, quando ele age como um ativo, ou seja. E. Ele é debitado no recebimento de dinheiro e é creditado com a escrita off despesas. Como uma conta de passivo é usado com menos frequência, mas que aconteçam casos destes.

Por exemplo, o dinheiro no escritório da empresa lá, e para ir em uma viagem de negócios é necessário, eo empregado concorda em usar finanças pessoais na condição de que em seu retorno despesas de viagem serão pagas. Neste caso, a fiação é feita D-T 20 – T K-71.

Neste caso, todas as despesas para pagá-los, ea empresa se compromete a compensar. Neste exemplo, a marcar 71 – passiva.

Se a empresa – um sujeito passivo de IVA

Se a empresa é um sujeito passivo de IVA , e acumula a quantidade de impostos pagos sobre bens ou serviços por conta 19 – "IVA", então a aquisição de materiais ou serviços de pagamento de fundos de maneio necessário para refletir o montante do IVA a postar Dt 19 – KT 71 – pelo o montante do imposto pago.

A base para a amortização dos custos

Tomando o relatório antecipadamente, o contador verifica os documentos comprovativos de despesas. Pode ser facturas, contas e faturas na aquisição de bens, dinheiro e recibos que confirmem o pagamento de vários serviços, ou seja. E. documentos primários, que são a base fundamental para a classificação de gastos por 71.

O principal requisito da transação comercial na conta é uma confirmação por escrito da transação. Em outras palavras, os custos referidos no relatório antecipadamente, deve ser justificada e confirmada por documentos contabilísticos primárias, devidamente decorados, repletos de detalhes, assinaturas necessárias, selos e carimbos. Despesas não confirmadas por documentos ou papéis incipientes confirmados, não pode ser aceite e refletido na conta, mas é carregado de conseqüências desagradáveis. Um funcionário do seu próprio bolso para pagar esses custos.

Portanto, a pessoa responsável deve considerar seriamente a projetar um relatório de despesas em tempo hábil para reivindicar documentos devidamente preenchidos para as despesas incorridas.

ação contador

Contador, receber um relatório de antecedência examina cálculos aritméticos, a existência e design de documentos comprovativos, em uma seção especial faz com que o lançamento de gastos reflexão Reconciliar 71, confirmando a postar suas pinturas. Então escreve um recibo ou conta mandado de caixa no valor das diferenças entre saldos e desembolsados, entregando-se ao caixa e fecha o relatório antecedência.

O que você precisa para se lembrar com auditorias fiscais

Período durante o qual a pessoa fundos concedidos responsáveis para hoznuzhdy, a lei não define. Ele pode ser determinado pelo chefe da organização. No entanto, a lei não é interpretado como um oficial de serviço. Ao estabelecer o período, o empregado é obrigado a informar sobre os custos dentro de 3 dias após a sua expiração. E se o tempo limite foi definido, então, por um longo tempo, mesmo sem contabilizar dinheiro em caixa, você não pode quebrá-lo. Portanto, se a empresa não determinou um período similar, as reivindicações do imposto sobre o local de longo prazo de dinheiro em caixa na mão é necessário para ser feito, embora não pode ser considerado razoável.

Ao identificar tais casos, as autoridades fiscais classificá-los como a obtenção de um empréstimo sem juros, exigindo para determinar o valor do benefício materiais decorrentes do empregado, para incluí-lo na composição de sua renda e manter o imposto de renda pessoal.

Tal exigência do imposto é ilegal, uma vez que o conceito de benefício material, arte estabelecida. 212 do Código Tributário não inclui a situação descrita acima. De acordo com o Código Tributário do benefício material é rendimentos recebidos:

• da poupança em juros para a utilização dos fundos das instituições de crédito;

• a aquisição de bens ou serviços no âmbito de um contrato de direito civil;

• a aquisição de ações ou outros títulos.

Os argumentos das autoridades fiscais, neste caso, são ilegais, como empréstimos de instituições de crédito formalizado o acordo e a emissão de dinheiro em caixa é realizada sobre a aplicação. Mas, no interesse da administração da empresa – o direito de executar documentos para a concessão de fundos para ser contabilizada, a fim de evitar reclamações dos organismos de controlo.