411 Shares 3215 views

patologia uterino: causas, consequências

Útero – o órgão mais importante para a saúde reprodutiva das mulheres e beleza exterior. Devido ao seu trabalho é realizado em todo o sistema reprodutivo. No entanto, muitas mulheres pode ser uma violação da estrutura do corpo. Nestes casos, dizem os especialistas, que o paciente está desenvolvendo patologia uterina.


Quais são as doenças do útero e vagina?

sistema reprodutivo feminino é muito frágil e qualquer violação pode levar a falha de todo o mecanismo, causar doenças graves. Deve notar-se que a patologia da vagina e do útero é tanto congénita e adquirida. entre eles existem algumas diferenças. doenças adquiridas pode ocorrer devido a qualquer violação ou como resultado da intervenção. Mas a patologia inata do útero desenvolver no período em que o feto está no útero. No seu aspecto influenciada por uma série de causas e os factores assim como a predisposição genética.

Muitas vezes, há o seguinte patologia uterina congénita:

  • selim ou tipo de corpo.
  • A presença de divisórias no útero.
  • Diferentes manifestações nedorazvitiem corpo.
  • Perturbações no funcionamento normal dos ovários.

Mas patologia adquirida inclui uma ampla gama de doenças, entre as quais é muito comum flexão do útero , e várias anomalias em seu pescoço.

Patologia Cervical – por que deve se preparar?

Particular importância deve ser dada a uma mulher da saúde do corpo, tais como o colo do útero. A patologia nesta área podem levar a consequências muito graves. Portanto, você deve rapidamente identificar a doença e eliminá-lo nos estágios iniciais.

Os mais comuns são as seguintes doenças do colo do útero:

  • Erosão. Durante esta doença mucosa danificada, a qual está virada para a vagina. Normalmente, durante a inspeção parece uma mancha de cor vermelho brilhante. Às vezes, maus tratos podem aparecer pseudo – não totalmente curado erosão. O resultado pode aparecer nabothian cistos, o que resulta em entupimento de condutas de glândulas cervicais.
  • Disqueratose – camadas de um grande número de células no colo do útero. Isto normalmente ocorre por causa da introdução no epitélio do vírus do papiloma humano, o que pode levar ao cancro do colo do útero.
  • Papilomatose, ou verrugas. Estas doenças ocorrem principalmente devido a infecção com as mulheres do vírus do papiloma. Muitas vezes existem verrugas nos órgãos genitais.
  • Displasia. É fase pré-maligna epitelial.

Além disso, as mulheres podem diagnosticar o câncer de colo do útero, que é um resultado do tratamento injusto de outras patologias.

Uterina displasia – o que é?

Muitas mulheres ouvir sobre o problema, mas nem sempre entendem a sua essência. Vale a pena notar que a displasia útero ocorre em um grande número de mulheres. Durante esta patologia ocorrer graves violações da estrutura e funcionamento do pescoço, o qual, eventualmente, causar cancro. Se a doença for detectada em seus estágios iniciais, ele pode ser rapidamente resolvido com a ajuda de um tratamento especial.

tipos de doenças

Dependendo do tipo de violações na mucosa da displasia útero tem várias formas:

  1. Primeiro grau. Esta é a forma fácil: modificado e ocupam apenas 30% da espessura da mucosa. Convencionalmente, este passa despercebida em 80% dos casos se resolve espontaneamente sem tratamento.
  2. Displasia segunda extensão (moderada). Durante este tipo de células da mucosa alteradas partilham 60-70% de espessura endometrial. Sem tratamento, a este tipo de patologia é reabsorvido apenas 50% dos casos. Quase 20% das mulheres afetadas, ele vai para o terceiro grau de displasia, e em outros 30% é o fundamento básico para o desenvolvimento de câncer.
  3. O terceiro grau de displasia (forma severa). Neste caso, toda a camada de células alteradas ocupado mucosas.

Seja qual for o nível de detecção da doença, que deve ser tratado imediatamente.

Patologia da cavidade uterina

Eles também são bastante na prática médica. Basicamente patologia útero ocorre devido à inflamação nos órgãos pélvicos, hormonal de fundo e intervenções cirúrgicas.

O útero é encontrado frequentemente seguinte desvios e violações:

  • A ocorrência de hiperplasia do endométrio.
  • Miomas.
  • O aparecimento de aderências intra-uterinas.
  • Vários corpos estranhos no interior da cavidade.
  • Inflamação graus variados.

Ao primeiro sinal de desconforto menina deve procurar ajuda qualificada.

O que é hiperplasia endometrial?

Muitas mulheres ouvir este diagnóstico no escritório de um ginecologista, estão começando a se desesperar. No entanto, nem tudo é tão ruim. Se a anomalia do útero determinadas numa fase muito precoce, ele pode ser facilmente curada por encontrar o tratamento certo.

hiperplasia endometrial – uma camada de crescimento que é disposta no interior da cavidade interna. Normalmente, esse aumento ocorre a cada mês em qualquer mulher. Durante a ação erógena, o corpo viscoso é preparado para aceitar um óvulo fertilizado. Na sua ausência começa camada endometrial rejeição, o que leva a sua ampliação. Normalmente, este fenômeno é observado antes do início do ciclo menstrual. Se há uma violação deste processo, o endométrio cresce ainda mais. A partir do tamanho da camada depende da forma da doença.

Note-se que esta infracção é geralmente detectado apenas por exame histológico. Este diagnóstico permite determinar com precisão a localização da doença, sua forma e extensão. Ao mesmo tempo e de ultra-sons exame ginecológico são de grande ajuda no diagnóstico, mas não pode determinar com precisão a presença de hiperplasia do endométrio.

O que é fibróides uterinos?

A doença é bastante insidioso e perigoso. miomas uterinos – natureza benigna deste tumor. Não se refere ao câncer. Esta patologia uterina pode aparecer na parede do corpo e no colo do útero. Tamanho do tumor pode ser de um milímetro a vários centímetros.

Dependendo da localização dos miomas são divididos nos seguintes tipos:

  1. miomas subseroso. Durante este estágio da neoplasia está disposta sobre a superfície exterior do corpo, tipicamente entre os órgãos da cavidade abdominal e o útero.
  2. miomas intramuscular. Neste caso, o tumor é localizado directamente no músculo uterino.
  3. miomas submucosos. Tumor na parte interior, localizada sob a membrana mucosa.
  4. miomas uterinos na perna. Esta forma é encontrada tanto em miomas subserosos, e na submucosa. A diferença é perna estreita ou larga.

Apenas um médico experiente pode determinar corretamente a forma como a doença se desenvolve em mulheres.

O que provoca fibróides uterinos?

Esta doença ocorre principalmente devido ao desequilíbrio hormonal. Muitas vezes, miomas ocorre em mulheres jovens, a sua reabsorção ocorre durante a menopausa.

Além disso, a ocorrência de miomas tem um certo número de razões:

  • Hereditariedade e genética.
  • Adenomiose.
  • processos inflamatórios ginecológicas.
  • O sedentarismo e obesidade.
  • Aborto e instalação de dispositivos intra-uterinos.
  • Sexo sem atingir o orgasmo.

Desenvolvimento de miomas muitas vezes faz com que o stress, que pode levar à inibição do funcionamento das glândulas supra-renais, dos ovários e da tiróide.

aderências intra-uterinas

O que é isso? aderências intra-uterinos ou aderências – um desvio em relação à estrutura anatómica do corpo. É muitas vezes chamado síndrome de Asherman. Esta patologia uterino é descrito como uma obliteração parcial ou completa da costura conjuntivo uterino. Durante a ocorrência da doença ocorrer alterações atróficas do endométrio e deformação da parede uterina.

A doença leva à ruptura do ciclo menstrual, violações permeabilidade espermatozóides pobres durante a implantação do ovo de membranas. Como resultado, pode ser infertilidade. Esta violação é geralmente manifestada como amenorréia ou ciclo hypomenstrual. Muitas vezes, na presença de aderências têm problemas transportando um feto durante a gravidez.

Causas de aderências

Aderências geralmente ocorrem por razões diferentes. Isso pode ter o efeito de várias infecções, lesões traumáticas ou doença ginecológica.

Entre as causas mais comuns de adesões são os seguintes:

  • Várias infecções.
  • As conseqüências da tuberculose genital.
  • Influência da radioterapia.
  • aborto retido.

Além disso, eles causam lesões traumáticas – distúrbios da camada endometrial da interrupção cirúrgica da gravidez, raspagem de diagnóstico, uso de dispositivos intra-uterino e várias operações.

Prevenção e tratamento de patologias uterinas

Claro, muitas das violações, e a mulher não percebeu de imediato o desvio, já que eles não se mostram. Normalmente, estas doenças levar a problemas em conceber uma criança e, eventualmente, causar esterilidade completa. Muitas vezes, muitas mulheres sofrem de colo uterino, a patologia do corpo leva a consequências graves. Portanto, é certeza de ir duas vezes por ano a um ginecologista para um exame completo.

Se uma mulher tiver qualquer doença, a pessoa deve identificar-se patologia uterina Center. Em seguida, ele dirige o paciente para o conselho médico apropriado para tratamento posterior. Também durante o tratamento de patologias do útero pode designar um perito da ultra-sons, imagiologia por ressonância magnética (MRI), histerosalpingografia (HSG) e exame laparoscópica.

Para evitar doenças, muitos especialistas recomendam medidas preventivas:

  • Certifique-se de observar uma boa higiene pessoal.
  • A cada 6 meses para fazer uma inspeção planejado no ginecologista. Também é necessário. fazer os testes apropriados (esfregaço – para análise de citologia).
  • Levar uma vida sexual normal.
  • Observar as regras de proteção durante o sexo.

Uma mulher precisa desistir de maus hábitos. Beber álcool e tabagismo leva à diminuição da imunidade: bad corpo resiste a várias infecções. A principal coisa é ser sensível à saúde. Se você tiver qualquer descarga, dor e outros sintomas desagradáveis, não se esqueça de consultar um médico para exame e tratamento adicional.