876 Shares 7501 views

"Liarsin" para cães: instruções de uso, dosagem e feedback

Hoje, não é segredo para ninguém que os cães, como outros animais, tenham doenças semelhantes às que uma pessoa sofre. Felizmente, há medicamentos que ajudam a resolver esses problemas. Muitas vezes, é usado o medicamento "Liarsin" para animais. Ele ajuda a lutar contra distúrbios metabólicos, com bronquite, hepatite, gastrite e muitas outras doenças. Esta droga é um dos primeiros remédios homeopáticos em medicina veterinária, que é produzido em nosso país.


Informações gerais

Sabe-se que o Liarsin é usado para cães. As instruções em sua aplicação indicam que apenas componentes naturais estão incluídos na composição. Na aparência, este produto é claro e incolor. É embalado em ampolas de 2 ou 5 ml, bem como em frascos de 10 ou 100 ml cada. O pacote inclui sempre informações sobre a organização de fabricação, endereço, nome do produto, seu propósito, série, condições de armazenamento e prateleira. Deve ser as inscrições "Homeopática", "Para animais" e "Estéril". Também contido na embalagem com o medicamento "Liarsin" para a instrução de cães que informa o comprador sobre este medicamento. Este medicamento deve ser armazenado a uma temperatura de 0 a 25 graus Celsius num local escuro. Se todas as condições forem atendidas, então este medicamento é adequado por três anos a partir do momento em que foi fabricado. No entanto, uma vez que expirou o tempo, o uso do medicamento deve ser descontinuado.

Características farmacológicas

Deve-se notar que o "Liarsin" para cães, cuja instrução diz que esta é uma preparação homeopática, normaliza o metabolismo de vitaminas, gordurosos, carboidratos e proteínas. A medicação é capaz de restaurar distúrbios no trabalho do trato gastrointestinal e ativar as defesas do corpo. De acordo com o GOST, esta droga pode ser atribuída à quarta classe de perigo. Não tem efeito irritante ou sensibilizador local.

Recursos de Aplicação

Este medicamento é prescrito para muitos animais, a fim de normalizar o metabolismo, bem como para melhorar a imunidade e com doenças como gastroenterite e gastrite. Na forma de injeções, é administrado por via intravenosa, intramuscular ou subcutânea. A duração do tratamento depende dos sinais da doença. No entanto, deve ser dada atenção ao fato de que não deve ser usado por mais de um mês. Note-se que o Liarsin, que não tem efeitos colaterais, pode ser usado com vários medicamentos. Seus componentes não se acumulam no corpo.

Componentes Principais

A composição deste fármaco inclui arsênico, licopodium e fósforo. Eles foram utilizados há muito tempo na homeopatia, sua eficácia é óbvia. O arsênico é um remédio muito valioso. É usado para tratar muitas doenças. Entre eles, pode-se chamar de doenças de pele, problemas com o coração, órgãos digestivos, rins, etc. Likopodium – o principal remédio constitucional, que restaura os processos metabólicos do corpo. É usado para doenças do fígado, intestino e pele. O fósforo auxilia no tratamento de sistemas ósseos, nervosos e cardiovasculares. Em combinação com arsênico, é um sinergista que complementa sua ação. Assim, "Liarsin" para cães é realmente uma ferramenta eficaz, pois na sua composição existem componentes cujo espectro de ação é extremamente grande.

Dosagem

Antes de aplicar qualquer droga, você precisa saber com que frequência tomar e por quanto tempo. "Liarsin" para cães, cuja instrução é muito detalhada, tem uma certa dosagem para cada caso individual. Deve notar-se que a medicação pode ser produzida na forma de comprimidos ou em ampolas de 2 ml. Normalmente, as injeções são administradas sob a pele ou intramuscularmente todos os dias duas vezes até que haja uma melhora. Se a doença é crônica, então o medicamento é administrado três vezes por semana, até um efeito positivo. No entanto, a dose única deve ser considerada:

– para raças médias e grandes de cães – de 2,0 a 4,0 ml;

– para filhotes, gatos e raças pequenas – 0,5 a 2,0 ml.

Este medicamento existe de forma comprimida. É tomado por via oral, e a dosagem em cada caso individual é completamente diferente. Se a doença é aguda, então o medicamento deve ser tomado no máximo seis vezes ao dia até que os sinais clínicos da doença desapareçam. Se for necessário alcançar um determinado resultado muito rapidamente, é permitido o uso do medicamento com uma pausa de 15 minutos por duas horas. Se a doença é crônica ou há uma tendência de recaída, então deve ser tomada duas vezes por dia até que haja uma melhora. Também é muito importante prestar atenção a uma dose única da droga por animal:

– grandes raças de cães podem receber três comprimidos por vez;

– raças médias – não mais de dois;

– cachorros, gatos e raças pequenas – não mais do que um comprimido por dia.

Não exceda a dose recomendada do medicamento.

Causas da criação de drogas

Ajudará a tomar a decisão certa sobre o uso do "Liarsin" para exames de cães de criadores experientes. Afirma-se que esta ferramenta é bastante eficaz e merece a atenção dos consumidores. Mas por que essa droga apareceu? Existem vários motivos. Um deles é uma ausência completa no mercado interno de remédios homeopáticos que são capazes de normalizar os processos patológicos que ocorrem no corpo durante o envelhecimento. Entre eles, podemos mencionar a deterioração da função excrecionante dos rins, uma diminuição da imunidade, um transtorno metabólico, uma desintoxicação do fígado e outros. O motivo que contribuiu para a crescente popularidade desta droga é seu custo. Afinal, a maior parte dos medicamentos homeopáticos são bastante caros, então essas ferramentas não estão em grande demanda entre os compradores.