452 Shares 4225 views

liquidez corrente como um indicador da eficácia da gestão de solvência

Gestão da liquidez e solvência do banco é, teoricamente, com base em uma série de diferentes teorias: a teoria de empréstimos, movimento, o rendimento esperado, e outros. Todos eles têm suas vantagens e desvantagens, e em sua forma pura não corresponde aos requisitos práticos. No entanto, pela síntese de certos aspectos teóricos de bancos criam seu próprio conceito de gestão de liquidez, o mais adequado para as necessidades de seu trabalho, e é usado com sucesso.


No estágio atual da seleção usado em conceito de gestão de liquidez bancária define duas abordagens: ou o banco deve sempre manter em reserva uma quantidade suficiente de ativos líquidos, ou têm a capacidade de atrair liquidez em qualquer ponto do mercado financeiro. Na literatura econômica, esta alternativa é expresso na separação de liquidez bancária likvidnost- "segurança" (liquidez fixo) e "fluxo" likvidnost- (liquidez corrente). A primeira delas descreve a liquidez do saldo bancário determinado momento, uma vontade de cumprir todas as obrigações atuais com base na liquidez disponível. liquidez corrente mostra a possibilidade de converter ativos ilíquidos em mais líquido que, juntamente com o fornecimento do estoque mínimo de liquidez permite situações dobráveis de controle mais eficiente.

Esta abordagem para a revisão de liquidez determina o conteúdo predominante nas estratégias de gestão momento de liquidez, sendo os principais: a estratégia de controle de bens, ativos e passivos.

A primeira delas é a acumulação de liquidez do banco na forma de dinheiro. O uso dessa estratégia é predeterminado pela presença no país, desenvolvido mercados financeiros com preços estáveis e a possibilidade de reembolso do investimento inicial com o menor risco. estratégia de gestão de passivos é baseada em um empréstimo de meios de pagamento, quando a liquidez corrente é baixa. A maioria satisfazer as exigências da prática moderna é uma terceira estratégia. Assume-se que a liquidez corrente é mantida na medida em que eles são necessários para atender às exigências atuais, bem como o seu envolvimento activo no mercado, se necessário.

liquidez corrente, com todas as estratégias e métodos acima, na prática, é fornecido em um nível aceitável, enquanto eles próprios estratégias de controle manifestam-se bastante eficaz e amplamente utilizada pelos bancos modernos no processo de gestão de liquidez. No entanto, a presença de uma série de condições indispensáveis para o sucesso da sua aplicação não dar ao banco a total confiança na segurança de suas atividades. Dados técnicas de gestão de recursos são caracterizados por um baixo nível de precisão, o que leva à perda de uma parte significativa do potencial de lucro, e uma situação em que a liquidez corrente é reduzida. Neste caso, eles só podem ser usados principalmente para resolver uma situação já existente. No entanto, uma forma eficaz de preservar sua liquidez bancária está prevendo uma possível escalada de circunstâncias negativas, a fim de tomar medidas preventivas. Portanto importante nesta fase é a de considerar a manifestação prática da liquidez do banco também como likvidnost- "previsão".

Likvidnost- "previsão" é caracterizado pela identificação de possíveis cenários de desenvolvimento da liquidez nas condições existentes ea adoção de uma série de medidas oportunas, a fim de tirar o máximo proveito da situação. gestão de liquidez metodologia nesta abordagem é baseada no método de modelagem matemática de processos dinâmicos com otimização de desempenho específico. Estes métodos permitem aumentar a eficiência das decisões de gestão e fornecer o nível necessário de segurança.