783 Shares 4842 views

A norma do osso nasal em 12 semanas: indicadores. Normas da primeira exibição da gravidez: o comprimento do osso nasal

A medicina moderna tem feito enormes progressos em matéria de levantamento de mulheres grávidas, e se antes era considerado bastante suficiente para passar o exame de ultra-som do feto e para passar alguns testes, então hoje este grupo de doentes está sob a supervisão vigilante de especialistas e passa por exames e procedimentos periódicos. Basicamente, eles são destinadas a determinar o status de um bebê em desenvolvimento no útero da mãe e do diagnóstico atempado de várias anormalidades. Incluindo – características de detecção de ultra-som, tais como a taxa do osso nasal, levada a cabo depois de dez semanas de gravidez.


A necessidade de medir o osso nasal

Vapor, osso nasal quadrangular é determinada por imagens ultra-sónicas durante o procedimento às 12 semanas de gestação. Sua ausência neste período ou desvio dos padrões aceitos de evidência depois de errado desenvolvimento KwaZulu-Natal da criança, além disso, pode sinalizar a presença de síndrome do bebê. Em tais situações, é recomendável testes adicionais obrigatório.

Alguns especialistas, conhecer as regras da primeira triagem, utilizando valores de quadro comparativo, comparando seus valores com os resultados do ultra-som. Novamente, não devemos esquecer que a prioridade no período de 10-12 semanas de gravidez é o fato da presença do osso nasal fetal e medição não são tão revelador, porque anormalidades cromossômicas de ossificação ocorrer mais tarde.

parâmetros ósseos nasais em diferentes fases da gravidez

Os períodos individuais de crescimento e desenvolvimento do feto são caracterizados por certas regularidades. Um dos principais parâmetros é o comprimento do osso nasal. A norma do osso nasal em 12 semanas é de cerca de três milímetros de comprimento. Mais tarde, a 21 ª semana, esse número atinge 5-5,7 milímetros, ea 35ª semana – 9 milímetros.

A precisão das medições de ultra-som do embrião depende não só do equipamento perfeito, mas também na experiência e profissionalismo.

Tabela das principais parâmetros do osso nasal

Norma osso nasal às 12 semanas do desenvolvimento fetal, bem como nos meses subsequentes mulher grávida, sistematizado e serve como um ponto de partida para o estudo dos resultados de estudos com ultra-sons. Com base nas informações recebidas, os médicos vigiar o curso de pré-natal visita de bebê e detectar a presença ou ausência de anomalias.

Se o osso nasal não é visualizado, e o colar do engrossado, em seguida, um extremamente alta probabilidade de um bebê com síndrome de Down ou defeitos congênitos da face. Sabendo disso, muitos pais escolher o aborto. Desde o nascimento de uma criança saudável – esta é uma tarefa não só as mães, mas também médicos, um papel tão importante é desempenhado por esses indicadores como a taxa do osso nasal em 12 semanas. A tabela abaixo dá uma descrição gráfica do seu aumento durante o curso da gravidez.

A norma do osso nasal

prazo de entrega

semanas

mínimo

valor, milímetro

máximo

valor, milímetro

12-13 2,0 4,2
14-15 2,9 4.7
20-21 5,7 8,3
22-23 6 9.2
32-33 8,9 13,9
34-35 9 15,6

Que define o comprimento dos ossos nasais de um feto?

Após a décima semana de gravidez gestação pode fazer medições das características mais importantes do feto. norma osso nasal nos 12 semanas devem atender os parâmetros necessários, caso contrário você terá que pensar sobre os possíveis problemas cromossômicos graves feto. Hipoplasia considerada um sintoma de doenças complexas, tais como a síndrome de Down, Edwards, Patau, Turner et ai.

Para resultados mais precisos nomear ultra-som fetal especialista, e quando re-confirmar que a taxa de osso nasal não se conforma com o valor necessário, realizar uma análise genética de líquido amniótico. Isso permitiria avaliar objetivamente o estado do bebê intra-uterino, pois é neste ambiente acumular oxigênio, dióxido de carbono, hormônios fetais produtos substâncias de câmbio, enzimas.

A precisão do diagnóstico moderno

Certificando-se dos resultados de diagnóstico de ultra-som é que os parâmetros ósseos nasais da criança é menor do que o normal, os pais dão em desespero sem fim. Não basta reagir, porque deste parâmetro não é suficiente para diagnosticar a síndrome de Down ou outra condição patológica grave. E, embora as primeiras regras de triagem em certa medida indicativa, é preciso esperar calmamente para os resultados de uma nova análise mais profunda.

Ainda assim, é necessário compreender que todas as crianças durante o desenvolvimento do feto é diferente, porque as dimensões das partes individuais do corpo vai ser diferente, incluindo o osso nasal em 12 semanas. Mas se o estudo feto demonstra os defeitos óbvios dos órgãos internos e encurtamento dos membros, nestes casos, é seguro para falar sobre defeitos de nascimento.

O que é triagem pré-natal

triagem pré-natal – uma pesquisa única de gestante, a fim de detectar os perigos de condições patológicas congênitas e adquiridas do desenvolvimento fetal, cujos resultados são comparados com os valores médios.

No primeiro trimestre (10-12 semanas), rastreio perinatal permite suficientemente cedo para reconhecer anomalias no valor de defeito cromossómico parede abdominal e a patologia do tubo neural, bem como vários uma ameaça normal fértil em geral.

Com base no desempenho de hCG e PAPP caracterizando a gravidez, bem como o valor da translucência nucal no embrião, julgar o risco de possíveis defeitos. Se as primeiras regras de triagem não igualar o desempenho de análises, uma mulher grávida é prescrito o estudo da genética do futuro da criança e biópsia de vilo corial.

O que é osso nasal hipoplásico em fetos

A norma do osso nasal em 12 semanas durante o ultra-som sugere um bom desenvolvimento, saudável do feto no início da gravidez. Se o seu comprimento se desviar do padrão aceite no sentido de diminuir, então não é hipoplasia do osso nasal. Mas existem casos excepcionais em que o número não revelam suas pesquisas gerais. Então a questão de aplasia do osso nasal, em outras palavras, a completa ausência de autoridade.

Por que tais violações ocorrem?

Na verdade, as causas de desvios patológicos dos valores normais do par de comprimento do osso nasal do conjunto, e todas elas são de natureza diferente. Este pode ser, por exemplo, alcoolismo crónico de um pai ou graves efeitos do tabagismo. Em risco são automaticamente colocados mulheres que tiveram a gripe, resfriados e outras doenças no primeiro trimestre da gravidez.

Existem também outras razões pelas quais a taxa do osso nasal em 12 semanas, o feto não conseguir, a saber:

  • antibióticos e outros medicamentos fortes;
  • exposição de radiação gama;
  • impactos no corpo fatores ambientais nocivos da mulher;
  • contusões;
  • longa superaquecimento da mulher grávida.

Assim, além de anormalidades cromossômicas, e o chamado genética predisposição, estilo de vida e saúde da gestante afeta diretamente o desenvolvimento do feto no útero. Mas a medicina moderna, graças a novos métodos de diagnóstico, permitindo suficientemente cedo na gravidez para detectar anormalidades cromossômicas e monitorar o bebê, as consequências do que poderia ser a síndrome de Down. Em qualquer caso, é o médico com base na análise precisa e de investigação é capaz de determinar o verdadeiro diagnóstico ou descartar possíveis riscos.