881 Shares 5450 views

Qual é o ponto de equilíbrio

O ponto de equilíbrio é muitas vezes confundido com o ponto de retorno, mas esses dois conceitos são de natureza completamente diferente. Se o retorno for expresso em meses e indicar o momento em que o custo da empresa será devolvido pelo gerente do projeto, o ponto de equilíbrio será completamente diferente. Cada organização possui tal volume de produtos, percebendo que, não recebe renda, mas também não custa custos.


Neste ponto, cada unidade adicional do produto vendido já está começando a obter lucro. É esse indicador chamado ponto de equilíbrio. A fórmula do ponto de equilíbrio é bastante simples. Pode ser calculado em termos de produção e em termos monetários. Ao calcular o valor monetário, é calculado, primeiro dividindo o valor do produto pelo lucro de sua venda e, em seguida, é necessário dividir o valor dos custos fixos pelo resultado obtido.

Se o ponto de equilíbrio for calculado em unidades, então é calculado dividindo o valor dos custos fixos de lucro com a venda dos bens. O cálculo desse indicador é muito importante. Se o retorno (rentabilidade) de uma organização pode ter uma expressão pouco clara (plano otimista e pessimista), então o ponto de equilíbrio é calculado com clareza. Tem uma expressão exata sem aproximações. Este indicador resolve uma série de problemas e possui várias funções. Em primeiro lugar, mostra se vale a pena iniciar a produção ou outro negócio. Afinal, as leis do mercado funcionam sempre, independentemente do que planeja o empreendedor.

Se o mercado é muito estreito ou há uma grande quantidade de produtos similares, a empresa simplesmente não pode alcançar o ponto de equilíbrio e certamente não ganhará lucro. Portanto, devemos calcular tudo com antecedência. A receita depende do valor do produto e do volume de vendas. O ponto de equilíbrio permite calcular e ajustar esses indicadores. Se um deles mudar, então o segundo pode ser alterado. No entanto, o indicador mínimo é sempre o que está marcado como ponto de equilíbrio da empresa. Se a empresa vender mais produtos do que é notado neste indicador, fala sobre lucro. O tamanho do lucro também é calculado com base nesse fator.

No ponto de equilíbrio, todos os custos incorridos pela empresa são calculados. Este é o custo de compra de produtos, impostos e salários para trabalhadores ou vendedores. Se o produto pode cobrir todos esses pontos, isso significa que a mesma posição zero é alcançada quando a empresa se torna auto-suportada. O trabalho no ponto de equilíbrio não tem um significado definido. É importante para um empreendedor obter renda do negócio que está sendo lançado. Portanto, antes da organização do caso, é necessário determinar com precisão se a empresa poderá atravessar essa linha.

Para determinar corretamente este indicador, devemos fazer uma pergunta simples: onde é o limiar em que a empresa deixará de lucrar, mas não sofrerá uma perda. Sabe-se que quando as vendas de produtos diminuem, os custos também se tornam mais baixos. Portanto, é importante calcular cada detalhe que afetará a rentabilidade da organização. Este limiar é para todas as empresas. Os empresários que organizam a empresa, concentrando-se na mente e não sob a influência dos desejos, calculam com atenção os riscos. E aqueles que são suscetíveis a emoções muitas vezes se encontram espremidos do mercado. O ponto de equilíbrio, como o ponto de lucratividade, é um indicador muito importante no plano de negócios. Investidores e outros possíveis patrocinadores do projeto prestam muita atenção a ele, para o qual o retorno de investimentos e riscos é muito significativo. Ao mesmo tempo, o empresário deve ser capaz de justificar suas conclusões de que a empresa poderá atravessar o limiar da existência de break-even.