96 Shares 9334 views

A rescisão do contrato CTP: documentos, instalações, cálculo do saldo da soma segurada

Até à data, qualquer proprietário de veículo sabe que tal apólice de seguro. A coisa mais importante em seu projeto de escolher uma organização confiável. Cada motorista pode enfrentar uma situação em que você precisa para a rescisão antecipada de um CTP contrato. Torná-lo bastante real, mas pode ser bastante difícil sem o conhecimento de todos os meandros da lei. No entanto, se você seguir algumas instruções, que serão mostrados abaixo, você pode evitar as armadilhas e obter o seu dinheiro de volta, sem quaisquer problemas.


Informações gerais sobre a rescisão antecipada do contrato de seguro

Razões pelas quais você pode precisar de rescisão obrigatória do contrato, pode ser muito, no entanto, se eles devem aderir plenamente à legislação em vigor. A única maneira que você pode conseguir o resultado desejado e não dá advogados motivo para a recusa da seguradora em seus direitos legais.

Depois de resolver todas as formalidades legais, o motorista tem o direito de receber o pagamento antes do valor da apólice, exceto para o 23 por cento do custo do seguro, que incluem as tarifas das companhias de seguros de aquisição obrigatória de União seguradoras, bem como os custos relacionados de fazer negócios.

Que documentos são necessários para a terminação

Rescisão de contrato de seguro CTP – um procedimento padrão que requer um driver ter um determinado conjunto de documentos. Sob a lei atual, é necessário preparar:

  • recibo de pagamento de serviços de seguros na apólice de seguro;
  • o contrato original;
  • o contrato de compra / venda do carro;
  • a aplicação da amostra-padrão sobre a rescisão antecipada do seguro;
  • qualquer documento que comprove sua identidade.

Esta é uma lista básica de documentos que é obrigatório. No entanto, dependendo do motivo da rescisão, a companhia de seguros tem o pleno direito de exigir alguns documentos adicionais. Portanto aconselhados a verificar com representantes strahovalschika lista detalhada de toda a documentação necessária e prepará-los com antecedência para o término da CTP contrato passou rapidamente e sem problemas.

Em alguns casos, pode exigir a rescisão do contrato de seguro?

Até à data, rescisão antecipada do CTP nos seguintes casos:

  • a morte do proprietário do carro;
  • Expiração da licença da seguradora para realizar suas atividades;
  • acidente de trânsito em que o carro recebeu muito danificado e não pode ser restaurada;
  • proprietário da mudança carro.

Em alguns casos, possível rescisão de automóvel obrigatório TPL contrato de seguro pela seguradora, mas na prática esses casos são extremamente raros, assim que parar sobre eles não faz sentido. Dependendo do motivo para que o condutor deseja terminar prematuramente os serviços de seguros, o processo de serviços não-seguros podem ocorrer de diferentes maneiras. Portanto, cada um dos casos possíveis devem ser considerados separadamente.

morte proprietário do carro

Se você quiser rescindir o contrato de seguro, devido à morte do proprietário legítimo do carro, então você precisa para preparar os seguintes documentos:

  • o contrato de seguro original;
  • todos os recibos da política;
  • a certidão de óbito do proprietário do veículo.

Quando todos os documentos serão preparados, só se aplica à companhia de seguros e apresentar um pedido.

O carro não pode ser reparado

Se o carro estiver em um acidente era incompatível "com vida" danos, a validade do contrato MTPL será rescindido automaticamente, no entanto, para obter uma compensação monetária do proprietário da máquina terá de apresentar recibos de pagamento do contrato de seguro originais.

Rescisão da licença da seguradora

Se a companhia de seguros expirado licença, que permite exercer tal atividade, a política deixa de existir automaticamente de você que não requer absolutamente nenhuma documentos e declarações. O problema é que para receber compensação monetária, neste caso, vai ser muito difícil.

Alterar o proprietário do carro

Posso cancelar a CTP contrato durante a transição de propriedade do veículo para outra pessoa, da venda ou doação da propriedade? Neste caso, o encerramento do processo ocorre de forma padrão, no entanto, todo mundo vai ter de lidar com o antigo proprietário, os dados pessoais dos que são especificados no contrato de seguro.

encerramento do processo: quando aplicar?

Muitos motoristas estão interessados na questão de como devolver o dinheiro para o seguro. Anteriormente considerados os principais casos que permitem a rescisão do contrato entre o motorista ea seguradora, bem como os documentos necessários, mas quando é melhor para aplicar?

A apólice atual perde a sua força jurídica desde o momento da atração de motorista para a companhia de seguros, e não após o término formal do contrato. Portanto, não é recomendado para atrasar a apresentação do pedido, uma vez que afecta o montante da compensação monetária. Para tornar mais claro, vamos imaginar uma situação que o carro foi vendido em abril, e o ex-proprietário do veículo aplicada à companhia de seguros apenas em julho. Neste caso, para 4 meses de nenhuma compensação vai não, como uma apólice de seguro foi considerado válido.

Que documentos são necessários para reunir?

Muitas vezes, muitas companhias de seguros negar os seus clientes a possibilidade de rescisão antecipada do seguro. Para não estar nesta situação são aconselhados a preparar um pacote de documentos, que inclui:

  • veludo original;
  • um pedido para a terminação da amostra CTP contrato estabelecido;
  • passaporte ou carta de condução;
  • recibo de pagamento do seguro;
  • uma fotocópia do TCP;
  • uma cópia do contrato de compra / venda, bem como procuração emitida para o novo proprietário;
  • uma fotocópia da certidão de óbito no caso de morte prematura dos legítimos proprietários;
  • o ato de alienação do veículo, se ele não pode ser restaurado;
  • documentos adicionais poderão ser solicitados pela seguradora.

Se os documentos que você tem tudo em ordem, no entanto, representantes da companhia de seguros teimosamente se recusam a aceitar o seu pedido de cancelamento da apólice, por favor enviá-los por correio registado para o endereço físico do escritório principal. Neste caso, a empresa não pode simplesmente ignorar o seu recurso e terá que dar uma resposta oficial.

Como é a compensação?

Sob a lei atual, a devolução do dinheiro para o segurado tem lugar imediatamente após o término legal do contrato será realizada CTP. Se o cliente é mais conveniente ter o dinheiro transferido para sua conta bancária, procedimento amigável pode ocorrer em duas semanas mais longas.

Neste caso, um reembolso após o término do seguro de automóvel são elegíveis:

  • herdeiros diretos do proprietário do veículo em caso de sua morte;
  • o legítimo proprietário do carro;
  • Qualquer um que tem um poder autenticada da procuração do proprietário do carro.

O montante da compensação de rescindir o contrato de seguro depende de vários fatores, destacando-se quanto custa CTP. Há uma fórmula especial, através da qual o cálculo da compensação.

A fórmula para calcular os pagamentos em dinheiro ao término do seguro

Você já sabe como devolver o dinheiro para o seguro durante a sua rescisão antecipada, no entanto, de quanto dinheiro você pode esperar neste? As companhias de seguros para determinar o montante da compensação são guiadas pela seguinte fórmula:

D = (P-23%) * (N / 12) onde:

  • D – compensação;
  • P – o valor pago pela seguradora no contrato;
  • N – o número de meses não utilizados;
  • 23% – relacionado custos, que a seguradora não suporta a gestão do caso de cada cliente.

Assim, rescindir antecipadamente o CTP contrato, uma amostra do que pode ser encontrada no site oficial da seguradora, a fim de obter uma compensação monetária, faz sentido apenas no caso em que, antes do termo da sua validade permanece por pelo menos 6 meses. Se a política tem permanecido um ou dois meses não utilizados, a denúncia não faz sentido, uma vez que o montante da compensação pode ser muito menos do que os seus custos associados, não importa quanto custa CTP.

rescisão antecipada do CTP: e se o dinheiro não vem?

Há casos, quando o condutor tiver aplicado tempo, preparar os documentos necessários e de acordo com as normas expedidas rescisão do contrato de seguro, no entanto, a compensação financeira após duas semanas não entraram em sua conta bancária. O que fazer nesta situação?

O primeiro passo é aplicar para a seguradora e para tentar determinar a causa dos problemas atuais. É possível que o pagamento é simplesmente adiado. Se o fato do pagamento é confirmado, não há nada de errado com isso, e você precisa esperar um pouco mais. No entanto, na prática, quase todas as seguradoras são muito relutantes em encerrar o CTP contrato e reembolsar o cliente. Neste caso, você deve fazer uma cópia da política e da aplicação e em contato com o Seguradoras União Motor. Este organismo de auto-regulação está envolvida na resolução de vários conflitos entre motoristas e seguradoras, e tem muitas alavancas de influência na empresa, que injustamente operam. Na maioria dos casos, um apelo a esta organização ajuda a corrigir o problema rapidamente e compensação por cessação de seguro automóvel muito rapidamente chegar ao destinatário.

Em alguns casos, a compensação para política de cancelamento não é fornecido?

cessação antecipada dos serviços de seguros – é um direito legítimo de cada cidadão, no entanto, há uma série de casos em prática jurídica, em que a compensação financeira não é fornecido. Uma delas é a extinção da companhia de seguros. Por exemplo, a entidade foi liquidada devido à falência, e sua incapacidade de cumprir as suas obrigações financeiras para os clientes. Neste caso, a lei libera a seguradora de suas obrigações.

Outro caso comum é de rescindir o contrato com a seguradora devido ao fato de que o cliente forneceu informações imprecisas. Além disso, se o proprietário do veículo está planejando uma longa viagem ao estrangeiro, e não tem planos durante este tempo de usar a máquina, a compensação também não é fornecido, como neste caso, não há motivos legítimos para um reembolso. Para evitar uma situação desagradável associada à cessação antecipada do seguro, recomendamos que leia atentamente o contrato no momento da inscrição da política MTPL.

conclusão

O processo de rescisão do contrato de seguro está associada a uma série de problemas e nem sempre ir sem problemas. Isso ocorre porque um monte de buracos na legislação russa, que não desdenhou usar as seguradoras sem escrúpulos. Portanto, podemos sempre ir a tribunal em caso de quaisquer problemas. Como mostra a prática, a grande maioria dos ensaios foram ganhas pelo segurado, porque o Judiciário prefere tomar uma posição de cidadãos comuns. Mas seja como for não era, nunca desistir. Se você sabe que está certo e a lei está do seu lado, sempre se referem às organizações relevantes para a compensação monetária.