589 Shares 6469 views

Direito Administrativo

O direito administrativo é um ramo independente e faz parte do sistema jurídico da Federação Russa. Dependendo das tarefas enfrentadas e levando em consideração seu foco, esta esfera possui alguns recursos distintivos.


Como uma indústria, o direito administrativo foi formado desde o tempo no sistema jurídico, um certo lugar foi ocupado pelas normas que consagram os direitos do indivíduo, bem como garantias contra a arbitrariedade na esfera administrativa.

Esta indústria é considerada uma das maiores e mais complexas da Rússia. Isso se deve à variedade de tarefas que administra o direito administrativo. Na vida social, não existe uma esfera em que a administração estadual não participe. No entanto, em algumas áreas (segurança do estado, cuidados de saúde, comunicações, transportes, energia, educação pública e outros) de sua (administração), o papel é considerado decisivo. Isso determina a eficácia na gestão e implementação de muitos direitos dos cidadãos. Na Rússia, portanto, o direito administrativo é um campo jurídico muito importante. Isso se deve à importância do papel desempenhado pela administração estatal.

O sujeito do direito administrativo é a totalidade das relações sociais que se formam no processo de formação de atividades na esfera do poder executivo. Assim, ocorre a implementação das relações que surgem no processo de educação e trabalho da administração estadual, bem como no atendimento à esfera da administração municipal e estadual.

Note-se que a gestão está presente em todas as esferas sociais e tem um conteúdo diversificado e um grande volume. Em vários casos, as atividades de gestão têm uma especificidade particular, que é regulada não só pela administração, mas também por outros ramos da lei. Assim, por exemplo, a gestão ligada ao financiamento, realiza a investigação financeira e preliminar e o inquérito – o ramo jurídico processual penal. Assim, definindo o assunto do direito administrativo, é necessário esclarecer que a regulamentação é realizada em todas as relações de gestão, com exceção das estabelecidas por outros órgãos jurídicos da Federação Russa. A regulamentação das relações sociais é realizada por meio do estabelecimento de regras de conduta, fixadas nas normas e vinculativas para o cumprimento por todos os participantes de relações regulamentadas.

Os fundamentos do direito administrativo podem ser divididos em dois grupos. O primeiro inclui as relações internas, a segunda – a relação da autoridade da administração com os cidadãos, bem como as organizações não governamentais e estatais.

Sobre as mudanças em curso relacionadas às necessidades da vida econômica e social da população, o ramo da administração pública é chamado a responder com clareza. A este respeito, é necessário melhorar as normas legais.

O sujeito do direito administrativo tem certos deveres e direitos atribuídos a ele em conexão com a implementação de suas necessidades. Como participante das relações públicas, um cidadão, um órgão estatal, uma associação pública e outros podem agir.

Obrigações e direitos do assunto em seu complexo seu status legal, que forma normas gerais. Por exemplo, as regras sobre o cumprimento das regras de segurança contra fogo são comuns.

De acordo com o status administrativo e jurídico, os assuntos são subdivididos em organizações e indivíduos. Estes incluem os seguintes tipos: um cidadão da Federação Russa, um apátrida e um cidadão estrangeiro. As organizações são divididas em atores estatais e não estatais.