576 Shares 7694 views

Pomada da conjuntivite para crianças – qual é o melhor para escolher?

Em qualquer idade, é desagradável ficar doente com conjuntivite, porque um desconforto significativo é causado pela descarga dos olhos e sensações desagradáveis. E se os adultos ainda podem se reconciliar com isso durante o tratamento, as crianças ficam muito mais. Quanto mais os bebês estão doentes com mais freqüência do que os adultos. Sofre mesmo as migalhas, que ainda não atingiram um ano de idade. Na maioria esmagadora dos casos, não é difícil vencer a doença. Aqui vem a pomada de resgate da conjuntivite para crianças. O principal é escolhê-lo corretamente, para que ele se encaixe mesmo nos pacientes mais pequenos.


O que é conjuntivite?

Esta doença é uma conseqüência de uma infecção alérgica, bacteriana ou viral. Antes de escolher o medicamento certo, você precisa entender que tipo de bebê o problema está com os olhos. Sem dúvida, qualquer tratamento deve ser prescrito por um médico, mas mesmo antes de examinar o bebê, prestando atenção em alguns sinais, você pode determinar a natureza da doença e começar lentamente o tratamento.

Fenômeno muito raro pode ser chamado de conjuntivite alérgica em recém-nascidos. Normalmente, eles estão cansados de crianças com mais de três ou quatro anos de idade. Mesmo que aconteceu que a doença afetou o bebê que não comemorou seu primeiro aniversário, o tratamento será o seguinte: remova o alérgeno e tome medicamentos anti-alérgicos.

Unguentos tão diferentes

Cada tipo de inflamação precisa de seu próprio tratamento, portanto, mesmo que pareça que a pomada da conjuntivite para crianças é a mais comum, deve-se ter cuidado: a pomada é antiviral, antibacteriana ou anti-histamínica. Deve-se notar que algumas pomadas contêm um componente hormonal – corticosteróides. Para que a droga seja selecionada corretamente e para ter o efeito esperado, é necessário consultar um médico. Ele realizará os testes e, com base nos resultados dos testes, poderá determinar a etiologia da doença.

Por que é recomendável aplicar pomada? Ataque de germes

O unguento oftálmico para conjuntivite para crianças em quase todos os casos é o principal produto médico no cronograma prescrito para o tratamento desta doença desagradável. Geralmente, um médico pode prescrever pomadas antimicrobianos. Mas essa nomeação dependerá sempre do fator que provocou a doença.

Se o bebê é superado pela conjuntivite, que transporta uma etiologia microbiana, medicamentos gordurosos adequados com antibiótico. Os componentes ativos que superam a doença podem ser tais: ofloxacina, eritromicina, levógetina ou tetraciclina.

Se a doença tiver uma origem alérgica, as pomadas com componente anti-histamínico virão para o resgate. Mas às vezes há hormônios na composição.

Por que é recomendável aplicar pomada? Ah, esses vírus …

Se o vírus causou a inflamação do olho mucoso, a pomada da conjuntivite para crianças prescritas pelo médico deve ter atividade antiviral. Muitas vezes, a composição dessas drogas dilui o interferão: é uma substância protéica que aumenta as forças protetoras do corpo do bebê depois que uma infecção viral a invadiu.

Para determinar, por causa do que houve uma conjuntivite em cada caso concreto, o médico só poderá. Se os pais assumirem a responsabilidade de ajudar seu filho por conta própria, eles podem cometer erros e levar a um tratamento inadequado. O resultado será o desenvolvimento de complicações, e a própria doença passará ao estágio do curso crônico.

Uso adequado de umgüento

Então, já descobrimos que a pomada para os olhos da conjuntivite para crianças é uma ferramenta oftalmológica que será um auxiliar fiel para a terapia de lesões alérgicas bacterianas-virais dos órgãos visuais. Devido ao fato de que a absorção dessas drogas quase não está ocorrendo, manifestações adversas são muito raras.

Tais pomadas podem não ser semelhantes entre si no mecanismo e no espectro de ação, por contra-indicações para usar, por consistência e pelo número de sintomas adversos.

Aplicar A pomada da conjuntivite para crianças segue a área da pálpebra inferior (um pouco, cerca de 10 mm). Repita este procedimento três vezes ao dia. De acordo com a decisão do médico assistente, a duração do curso terapêutico pode ser de sete a dez dias.

Durante o período de duração do tratamento, é melhor suspender o uso de lentes de contato. Se, simultaneamente com o uso da pomada, o médico prescreveu um bebê e gotículas para os olhos, então o espaço entre o uso deles deve ser pelo menos um quarto ou mesmo um terço da hora.

Tratamento efetivo da doença

Como o método mais eficaz e simples de tratar conjuntivite, use, como já mencionado acima, pomada. Para crianças aplicam o mesmo que para adultos. Para o uso do tratamento e "Furatina", porque é essa ferramenta que tem o efeito da cura. Além disso, é capaz de purificar o corpo de infecções e microorganismos desnecessários.

Concentremo-nos nas pomadas mais populares, que os pacientes estão usando há mais de um ano.

A pomada de eritromicina (com conjuntivite para crianças, muitas vezes é usada) é um dos meios mais populares para curar muitas doenças oculares. Você pode comprar o medicamento em tubos com diferentes volumes: três, sete e dez gramas. As principais vantagens da pomada incluem a presença de um efeito antibacteriano e o fato de que ele pode ser usado para tratar bebês recém-nascidos.

Recomendações que tenham A pomada de tetraciclina, com conjuntivite em crianças, apenas confirma a dinâmica positiva após seu uso. É usado para salvar o bebê da conjuntivite bacteriana. A composição desta pomada inclui a tetraciclina, que é um antibiótico. Isto é o que torna a droga completamente segura, porque quando usada tem uma adsorção muito baixa.

A pomada de hidrocortisona com conjuntivite em crianças é utilizada para tratar o tipo alérgico da doença. As ações que oferece são anti-inflamatórias e anti-alérgicas. Use essa pomada deve ser várias vezes por dia durante duas semanas e nada mais. É proibido combinar com outros medicamentos que aumentam a pressão intra-ocular. Antes de abrir o tubo pode ser armazenado por dois anos, depois – não mais de um mês.

Medidas preventivas

Para tentar proteger o bebê de familiarizar-se com uma doença tão desagradável como a conjuntivite, os pais devem observar medidas preventivas bastante simples:

– o mais rápido possível para isolar o bebê de crianças que são conjuntivite, porque esta doença é contagiosa;

– se a migalha é propensa a conjuntivite alérgica, é melhor evitar completamente todo contato com alérgenos;

– Certifique-se de que a higiene é constantemente observada, não permita que o bebê esfregue os olhos, mesmo que as canetas estejam limpas;

– se o bebê pegou um resfriado, é mais correto usar lenços descartáveis, porque com golpes freqüentes do tecido da infecção do tecido podem facilmente ir aos olhos.

Paralelamente a uma abordagem tão atenta ao problema, é necessário temperar o bebê, caminhar mais frequentemente no exterior, monitorar sua nutrição e se envolver em educação física. Todas essas ações ajudarão a fortalecer a imunidade e servirem de obstáculo ao desenvolvimento de qualquer infecção, incluindo infecções oculares.